Home - Amendola Engenharia Empresa - Amendola Engenharia Dicas e Informativos - Amendola Engenharia Cadastra-se - Amendola Engenharia Contato - Amendola Engenharia Onde Estamos - Amendola Engenharia
Untitled Document
 
Dicas e Informativos - Amendola Engenharia
Spacer - Amendola Engenharia
Área de Lazer
Área de serviço
Banheiros
Construção
Cozinhas
Decoração
Dormitórios
Paisagismo
Pintura
Piscinas
Pisos
Salas
Telhados
 
Área Restrita - Amendola Engenharia
Login - Amendola Engenharia
Senha - Amendola Engenharia
 
 
Endereço - Amendola Engenharia
mendola Engenharia
Separador - Amendola Engenharia
Dicas e Informativos - Amendola Engenharia
:: Amendola Engenharia ::
Índice Nacional da Construção Civil varia 0,55 % em julho

O Índice Nacional da Construção Civil (Sinapi), calculado pelo IBGE em convênio com a Caixa, apresentou variação de 0,55% em julho, recuando 0,05 ponto percentual em relação a junho (0,60%) e inferior 0,19 ponto percentual em relação a julho de 2010 (0,74 %).

Considerando os meses de janeiro a julho de 2011, a alta está em 4,39%, enquanto em igual período de 2010 havia ficado em 5,10%. O resultado dos últimos 12 meses situou-se em 6,61%, abaixo dos 6,82% registrados nos 12 meses imediatamente anteriores.

O custo nacional da construção por metro quadrado, que em junho fechou em R$ 795,64, em julho passou para R$ 800,02, sendo R$ 441,82 relativos aos materiais e R$ 358,20 à mão-de-obra.

A parcela da mão-de-obra apresentou variação de 0,95%, ficando 0,19 ponto percentual menor em relação ao mês anterior (1,14%). Já os materiais registraram uma diferença de 0,06 ponto percentual, indo de 0,17% em junho para 0,23% em julho.

No ano, a mão-de-obra subiu 8,06%, enquanto os materiais registraram 1,60%. Os acumulados em 12 meses foram: 9,34% (mão-de-obra) e 3,88%(materiais).

Região Sul registra maior variação mensal

Pressionada pelo reajuste salarial do Paraná, a região Sul, com alta de 2,43%, ficou com a maior variação regional em julho. As demais regiões apresentaram os seguintes resultados: 1,23% (Norte), 0,19% (Sudeste), 0,17% (Centro-Oeste) e 0,17% (Nordeste).

Os custos regionais, por metro quadrado, foram: R$ 837,88 (Sudeste); R$ 799,81 (Norte); R$ 799,49 (Centro-Oeste); R$ 797,43 (Sul) e R$ 755,56 (Nordeste).

Com relação aos acumulados, a região Sul se destacou por apresentar a maior variação no ano, 6,13%, mas a maior variação nos últimos 12 meses, 7,54%, ficou com a região Centro-Oeste.

Paraná registra a maior alta

Devido à pressão exercida pelo reajuste salarial decorrente de acordo coletivo, o Paraná registrou a maior variação mensal: 5,22%.


Fonte:jb.com.br

Amendola Engenharia - Imprimir Amendola Engenharia - Enviar para amigo
:: Amendola Engenharia ::
 
Envie-nos
Nome:
E-mail:
Texto
Verificação de Imagem
Por favor digite as quatro letras ou dígitos que aparecem na imagem.
Amendola Engenharia
 
Não há comentários
sobre o informativo acima.

 
 
   Banner Publicitário