Home - Amendola Engenharia Empresa - Amendola Engenharia Dicas e Informativos - Amendola Engenharia Cadastra-se - Amendola Engenharia Contato - Amendola Engenharia Onde Estamos - Amendola Engenharia
Untitled Document
 
Dicas e Informativos - Amendola Engenharia
Spacer - Amendola Engenharia
Área de Lazer
Área de serviço
Banheiros
Construção
Cozinhas
Decoração
Dormitórios
Paisagismo
Pintura
Piscinas
Pisos
Salas
Telhados
 
Área Restrita - Amendola Engenharia
Login - Amendola Engenharia
Senha - Amendola Engenharia
 
 
Endereço - Amendola Engenharia
mendola Engenharia
Separador - Amendola Engenharia
Dicas e Informativos - Amendola Engenharia
:: Amendola Engenharia ::
Custo da construção civil aumenta 0,28% em janeiro, aponta SindusCon-SP

SÃO PAULO - Os preços da construção civil paulista subiram 0,28% em janeiro, segundo dados divulgados nesta terça-feira (1) pelo SindusCon-SP (Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado de São Paulo).

A variação positiva no mês é resultado do aumento de 0,40% no custo da mão de obra, em comparação com dezembro do ano passado.

O CUB (Custo Unitário Básico) - que reflete a variação mensal das despesas do setor para utilização nos reajustes dos contratos da construção civil - atingiu 130,18 pontos no mês passado. Em dezembro, a pontuação havia sido de 129,82 pontos.

Considerando os últimos 12 meses terminados em janeiro, os custos registraram alta de 5,61%.

Valor por metro quadrado
No mês passado, o custo da construção civil paulista (R8-N) foi de R$ 904,75 por metro quadrado, sendo R$ 480,98 (53,16%) referentes à mão de obra e R$ 399,40 (44,14%) aos materiais. As despesas administrativas responderam por apenas R$ 24,37 (2,69%).

Em relação a dezembro, o CUB relativo ao material aumentou 0,14%, atingindo 122,24 pontos no primeiro mês do ano. Os custos relativos à mão de obra ficaram em 137,48 pontos. Já os custos de despesas administrativas se mantiveram em 132,16 pontos.

Alta dos preços
Entre os 41 itens de materiais de construção analisados, o único que registrou em janeiro aumento de preço acima do IGP-M (Índice Geral de Preços – Mercado) foi o tubo de cobre de 15 milímetros, classe industrial: 0,99%, contra 0,79% do índice inflação.

Entre as altas de preço, destacam-se no mês passado as da brita 2 (0,68%), porta lisa para pintura 3,5x70x210cm (0,67%) e emulsão asfáltica com elastômero para impermeabilizante (0,67%). Entre os itens que apresentaram deflação estão o concreto FCK=25 MPa (-0,09%), o batente para pintura 3,4x14x70x210 cm (-0,14%), o prego 18x27 com cabeça (-0,65%) e o aço CA-50 10mm (-0,66%).

 

Fonte:Uol

Amendola Engenharia - Imprimir Amendola Engenharia - Enviar para amigo
:: Amendola Engenharia ::
 
Envie-nos
Nome:
E-mail:
Texto
Verificação de Imagem
Por favor digite as quatro letras ou dígitos que aparecem na imagem.
Amendola Engenharia
 
Não há comentários
sobre o informativo acima.

 
 
   Banner Publicitário